A drag queen Pabllo Vittar
A drag queen Pabllo Vittar (Foto: Divulgação)

Pabllo Vittar foi uma das convidadas especiais do Altas Horas que foi ao ar no último sábado (01) e emocionou o público ao relembrar episódios de bullying que sofria na infância.

A drag queen disse que no primeiro dia de aula na 5º série, quando mudou para uma escola nova, apanhou dos alunos e pensou em desistir da vida estudantil.

Leia mais:


Roupa justa de bailarino no Encontro chama atenção dos internautas

Ministro suspende proibição do ensino sobre sexualidade em Palmas

“Foi muito difícil. Eu era uma criança gordinha com a voz afeminada e de cabelo grande. E eu cheguei super contente no primeiro dia de aula na escola nova para fazer amigos. No primeiro dia me bateram e foi horroroso porque eu não tinha a quem recorrer. Os professores não faziam nada”, desabafou a cantora, visivelmente emocionada.

“Eu lembro de ter chegado em casa falando para minha mãe que não queria ir mais para a escola. Minha mãe falou: ‘você vai sim, sua vida inteira vai ser desse jeito, se você se esconder vai ser pior’”, relembrou Pabllo Vittar, que na época tinha 10 anos.