João Nery
João Nery (Reprodução/Facebook)

Símbolo do ativismo trans do país, João Nery revelou em uma publicação em sua conta no Facebook neste final de semana que o câncer do qual sofre há algum tempo, agora atingiu o cérebro.

No texto postado na rede social, João fala em clima de despedida, ressalta a importância da militância e de se permanecer unido. Ainda, ele contou que está concluindo seu próximo livro, “Velhice Transviada”, que abordará a vida de pessoas transgêneros na terceira idade, mas ressalta que não sabe se estará vivo para o lançamento.

Primeiro homem transexual a realizar intervenções cirúrgicas para se readequar à sua identidade de gênero, João Nery é autor do livro “Viagem Solitária – Memórias de um Transexual 30 Anos Depois”, que serviu de inspiração para a composição do personagem Ivan, da novela “A Força do Querer”, escrita por Glória Perez, e exibida na TV Globo em 2017.


Leia mais:

Padres são presos por transarem dentro do carro em plena luz do dia

Casal gay russo se casa no exterior, mas é perseguido ao voltar para casa e precisa fugir

2017 foi também o ano que João descobriu portar um câncer no pulmão, ocasionado por seu vício em cigarro. Sem chances de cirurgia, ele se submeteu a sessões de quimioterapia.

Ativista político em defesa dos direitos dos transgêneros no Brasil, Nery reforçou ainda a importância da conscientização política nas Eleições de 2018. Seu nome também consta no projeto Lei de Identidade de Gênero, de autoria do deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ), que tramita no Congresso Federal e que, se aprovado, conferirá direitos aos transexuais brasileiros.

Veja abaixo o depoimento de João Nery na íntegra, sem recortes ou edição.

AVISO:
Meus querid@s, o câncer chegou no meu cérebro. Por isso quero prepará-l@s. Continuem a nossa luta por nossos direitos, se unam, não oprimam os nosso irmãos oprimidos ,já por tanta transfobia e sofrimento. Um transmasculino não precisa ser sarado, nem ter barba, nem se hormonizar ou ter penis e se operar. Basta saber quem são e que se sentem do gênero masculino. Vamos nos respeitar, nos unir, nos fortalecer e, sobretudo, ensinar aos homens cis o que é ser um homem sem medo do feminino. Espero ainda está aqui por algum tempo, mas sei até quando.Obrigado por todos que pediram pela minha saúde, mas eu também fui responsável pelo meu destino. Agradeço poder ter ajudado a tantos que estavam perdidos no meio da escuridão.Sei que outros iluminaram os seus caminhos. Façam grupos, ampliem a rede, se orgulhem de ser trams. Faremos um novo mundo! Mais humano, sem machismo, preconceito ou misogenia. Votem em candidatos que defendam os direitos LGBT. Breve estarei terminando meu novo livro “Velhice Transviada. onde falo do transvelho que sou e tb de depoimentos e outr@s tansidosos. Tema inédito na literatura brasileira. Não sei se viverei até o lançamento, mas comprem, leiam e divulguem. Ainda não sei a editora. Beijos no coração de todos e não se acovardem. Ser o que somos não tem preço, Viver uma mentira nos enlouquece.

AVISO:Meus querid@s, o câncer chegou no meu cérebro. Por isso quero prepará-l@s. Continuem a nossa luta por nossos…

Publicado por João W. Nery em Sexta, 7 de setembro de 2018

 

DEIXE UMA RESPOSTA