Itaú
Itaú (Foto: Divulgação)

O Itaú Unibanco acaba de dar mais um passo no reforço ao seu compromisso com o respeito e a promoção dos direitos humanos da comunidade LGBTI. A instituição firmou apoio aos Padrões de Conduta para Empresas, promovido pela Organização das Nações Unidas (ONU). Globalmente, mais de 170 empresas já se uniram à iniciativa.

Os compromissos básicos das empresas pela igualdade LGBTI são: Respeitar os direitos humanos de funcionários, clientes e membros da comunidade LGBTI, em todas as ocasiões; Acabar com a discriminação contra funcionários LGBTI e apoiar funcionários LGBTI no ambiente de trabalho; Não discriminar clientes, fornecedores e distribuidores LGBTI, além de insistir que seus parceiros de negócios também não discriminem; Defender os direitos humanos de pessoas LGBTI nas comunidades onde mantém seus negócios.

LEIA MAIS:


Escultura celebra 40 anos da luta LGBT em novo documentário da National Geographic

Empresário gay funda empresa apenas com Babás LGBT

“Uma das formas de materializarmos nosso propósito – estimular o poder de transformação das pessoas – é impulsionando a diversidade dentro de casa e na sociedade. Banco é gente, e o respeito e a valorização das pessoas que o constroem são a essência para todas as suas realizações”, afirma Claudia Politanski, Vice-Presidente do Jurídico, Pessoas e Marketing do Itaú Unibanco.

Semanas atrás, o Itaú também assinou a carta de adesão ao Fórum de Empresas e Direitos LGBT e à sua agenda de trabalho, expressa nos 10 Compromissos da Empresa com a Promoção dos Direitos LGBT.

DEIXE UMA RESPOSTA