Paciente ficou com o dildo dentro do corpo por 24 horas
Paciente ficou com o dildo dentro do corpo por 24 horas (reprodução/Internet)

Alguns profissionais de saúde de um hospital da Itália precisaram usar a imaginação a fim de conseguir extrair um consolo de 58 cm que estava preso dentro de um paciente.

O homem, que não teve a identidade revelada, deu entrada no Ospedale Niguarda, em Milão, após penetrar um dildo gigante no reto e não conseguir retirá-lo sozinho.

No hospital, no entanto, os médicos tiveram dificuldades para conseguir puxar o dildo. Após várias tentativas com objetos de trabalho convencionais dos profissionais dessa área, eles precisaram inventar um novo instrumento.


Leia mais:

Duas lésbicas são chicoteadas por tentarem manter relação sexual na Malásia

‘Hora da Aventura’ exibe beijo lésbico entre personagens

Apelidado de “fio médico”, eles penetraram o fio dentro de um tubo de cateter para criar um “laço” no final, que apertou o consolo, conseguindo retirá-lo de dentro do paciente.

De acordo com informações do jornal The Sun, o homem, de 31 anos, ficou cerca de 24 horas com o consolo no próprio corpo e teve alta no mesmo dia.