Anitta
Anitta é acusada de se apropriar do pink money e não apoiar comunidade LGBT (Foto: Felipe Panfili/Divulgação)

Depois de ser fortemente cobrada pelos fãs LGBTs que pediram um posicionamento de Anitta contra a candidatura de Jair Bolsonaro, a cantora foi defendida por um dos filhos do deputado.

Em um vídeo publicado no YouTube, e compartilhado nas redes sociais, Flávio Bolsonaro diz que “há uma perseguição a artistas que apoiam” a campanha de seu pai à presidência da República.

Leia mais:


Batman aparece pelado em nova HQ da Black Label

Mr. Catra será homenageado na Parada LGBTI de São Conrado, no Rio

“Há uma pressão aí que ela [Anitta] se posicione contra o Bolsonaro. Não sei qual é a preferência político-partidária dela, mas vocês têm que entender o seguinte: parem de ficar patrulhando a vida dos outros”.

Após a repercussão do apoio de Flávio Bolsonaro, Anitta divulgou um vídeo em que diz não precisar do suporte de ninguém político, repudia o envolvimento de sua imagem em propagandas políticas e ressaltou que não vota em candidato “machista, homofóbico e racista”.

 

DEIXE UMA RESPOSTA