Jair Bolsonaro
O deputado Jair Bolsonaro (Foto: Divulgação)

Ativistas LGBTs criaram um grupo em seu perfil no Facebook, na última segunda-feira (10), contra o deputado federal e candidato à presidência Jair Bolsonaro. Intitulado “Sou LGBT+ e tô na rua contra o Bolsonaro e o fascismo”, a página já conta com 24 mil membros.

“Grupo é destinado a todos os LGBTI+ e todos que apoiam nossas causas na luta contra o candidato de extrema-direita que já disse preferir ter um filho morto a um homossexual”, descreve.

LEIA MAIS:


PE: Animação sobre vida e obra da cartunista trans Laerte é destaque em Festival

Azealia Banks rebate declarações de Troye Sivan sobre ela: “Os gays brancos estão obcecados”

Para fazer parte do grupo, os interessados têm que cumprir algumas exigências, como ser simpático e gentil, não promover discurso de ódio, bullying ou discriminação política, não promover spam, promoção ou fake news, ser LGBT+ ou simpatizante ao movimento e ser contra Bolsonaro.

Outro grupo que também ganhou evidência nas redes sociais nesta semana, o Mulheres Unidas Contra Bolsonaro, já tinha 1,1 milhão de participantes do Facebook. Desse total, 604 mil participantes escolheram integrar a comunidade, entrando na página e clicando em “ok”.

6 COMENTÁRIOS

  1. Quanto mais matarem aula de história e sociologia (e de língua portuguesa também), mais a ignorância vai crescer. É melhor não nos acostumarmos! Sou brasileiro e não sou uma pamonha!

  2. Grupo de LGBTS contra Bolsonaro eh uma farsa…
    Abre mão da representatividade pela inclusão que tanto anseiam…
    Ou seja, pra eles eh melhor ser aceito entre heteros do que unir a comunidade LGBTI+ em prol de um interesse comum…
    acabaram de me silenciar no grupo pq fui falar em representatividade e usar o grupo das mulheres como exemplo…

    O apoio hetero eh SUPER VALIDO, mas negligenciar a REPRESENTATIVIDADE eh repetir o que ocorre no Congresso e Senado, muita gente apoia, mas temos quase zero de representatividade e pouquíssimos parlamentares que propõem projetos que representam nossa causa…

    Antes de entrar em um grupo desse tipo, verifiquem se eles priorizam a representatividade!
    E caso isso nao seja importante pra vc… eu sugiro o grupo “TODOS CONTRA BOLSONARO”

  3. Nenhuma mulher gosta de ser tratada de vagabunda , e muito menos ouvir dizer que não serve nem pra ser estrupada.Será que existe alguma mulher assim? S e existe no minimo é porque gosta de ser tratada assim.

DEIXE UMA RESPOSTA