O cantor Troye Sivan
O cantor Troye Sivan (Foto: Divulgação)

No elenco do filme Boy Erased, que retrata a história de um garoto que é submetido pelos pais a um processo de “cura gay”, o cantor Troye Sivan analisou a sua atuação em entrevista ao site de cultura LGBT Queerty.

“Para mim, atuar é algo que eu sempre estive muito, muito interessado. Além disso, ao longo dos anos, me tornei muito à vontade na música, porque estou tão no controle. Você consegue controlar tudo sobre o ambiente, desde a direção de arte em um álbum, até as composições e os videoclipes – tudo depende de mim no final do dia. Para mim, é uma coisa muito legal porque gosto de fazer esse tipo de coisa”, afirmou.

Abertamente gay, o artista contou como foi presenciar cenas de abusos contra pessoas LGBT no filme e como isso o impactou pessoalmente. “Há definitivamente um peso na sala. Muitos do elenco eram … nós meio que estávamos compartilhando nossas próprias experiências pessoais de auto-aceitação com nossas famílias, ou apenas trocando histórias sobre como chegamos onde estamos hoje.”


LEIA MAIS:

Luccino e Otávio têm final feliz com relação discreta em Orgulho e Paixão

Ator francês Arnaud Gagnoud sofre agressão homofóbica ao abraçar namorado em público

“Muitas pessoas estavam em vários pontos nessa jornada. Então, tendo esse contexto, e depois vendo as pessoas representarem essas cenas realmente pesadas, houve quase alguns momentos em que a linha se confundiu entre a realidade e o filme. E assim isso fez com que parecesse muito real a maior parte do tempo”, completou.

Com estreia prevista para o dia 1º e 02 de novembro no Brasil e Estados Unidos respectivamente, Boy Erased conta o drama de um jovem gay filho de pastor que é confrontado pela sua família por causa da sua sexualidade e submetido a terapias de “cura gay”.