Camisinha
Camisinha (Foto: Reprodução/Internet)

Uma pesquisa realizada pelo DKT International acendeu um alerta sobre a saúde dos jovens brasileiros, nos quais cerca de 47% dos entrevistados, entre 14 e 24 anos, afirmaram que não costumam utilizar preservativos nas relações sexuais.

O levantamento ouviu mais de 1.500 pessoas em todo o Brasil, e revelou ainda que 74,8% dos participantes nunca fizeram o teste para saber se possuem ou não o vírus do HIV e que 21,6% dizem acreditar que existe cura para a AIDS.

“Precisamos despertar a reflexão dos jovens sobre o tema e encontramos neste festival internacional uma ótima oportunidade para promover a conscientização, o respeito, a tolerância e a liberdade. Queremos que os jovens tenham ciência da importância do cuidado pessoal e da saúde sexual, além de quebrar o tabu de que comprar camisinha é coisa de homem e tornar a compra do preservativo uma coisa natural também para as mulheres”, afirmou o gerente de Marketing LATAM da DKT International, detentora da marca Prudence, Francisco Angelo.


LEIA MAIS:

“Última vez que dou uns amassos em Bono”, brinca Dave Grohl após perder a voz e adiar shows do Foo Fighters

Jesuíta Barbosa e Fábio Audi posam nus para fotolivro

Francisco apontou o aumento do empoderamento feminino de forma importante para causas como essa. “As meninas estão mais ‘empoderadas’ e colocando preservativos na bolsa. A participação de mulheres nas redes sociais da marca de camisinhas, por exemplo, aumentou muito e isso ajuda a combater o machismo ainda presente ali”, analisou.

Para promover a conscientização do uso da camisinha, será realizado pela primeira vez no Brasil o Prudence Fest, festival que estima-se presenciar cerca de 30 mil pessoas mesclando música e informação para o combate à doença que será promovido no dia 1º de dezembro, o Dia Mundial de Luta contra a AIDS. Atrações como Claudia Leitte, Ludmila, Kevinho, Maiara e Maraisa, Capital Inicial, JetLag e Felguk se apresentarão no evento.

DEIXE UMA RESPOSTA