Leões machos fazem sexo em parque no Quênia
Leões machos fazem sexo em parque no Quênia (Foto: Reprodução/Paul Goldstein)

Em celebração a Parada do Orgulho LGBT deste ano, o Zoológico de Amsterdã promove um passeio cujo o tema é a homossexualidade no reino animal.

Durante o programa, que custa 21 euros (cerca de 90 reais), os visitantes são informados sobre notícias e relatos do comportamento sexual de cada espécie que vai sendo observada durante a visita.

LEIA MAIS:


Shoppings de São Paulo passam a ter fraldários nos banheiros masculinos

Jojo Todynho pede desculpas por utilizar xingamento homofóbico para se referir a hater: “Todo mundo tem o direito de errar”

“A homossexualidade faz parte de uma minoria de quase todas as espécies e não é um erro da natureza como acreditam algumas pessoas. Pelo contrário, existe e é absolutamente normal e presente”, convida o zoológico em um poster promocional do passeio.

Ao site Pink News, a bióloga Charlotte Vermeulen explicou sobre como funciona a sexualidade entre os bichos. “A natureza tem muito mais diversidade do que as pessoas sabem. Não só sobre animais com comportamento homossexual como também bichos que até trocam de sexo, ou animais que nem dependem deste tipo de reprodução genética como a humana, que exige macho e fêmea”, afirmou.