Uma travesti identificada como Kelly foi alvejada com um tiro no pescoço disparado por um homem com quem fazia programa, na orla de Unamar, bairro de Tamoios, distrito de Cabo Frio, na região dos Lagos no Rio de Janeiro. O crime aconteceu na noite da última quinta-feira, 16.

Em seu relato à polícia, a vítima disse que fazia programa com o homem e, após um desacordo entre eles, o acusado teria sacado uma arma e disparado contra ela.

Leia mais:


Protestos marcam a reabertura da exposição Queermuseu no Rio

Representante do Ceará, Yakira Queiroz, vence Miss Brasil Gay 2018

A travesti foi socorrida e encaminhada para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Unamar e, em seguida, transferida para o Hospital Central de Emergência (HCE), em Cabo Frio. Kelly tem o quadro de saúde considerado estável pelos médicos.

O suspeito, que não teve a identidade revelada, já foi identificado pela Polícia Civil. O caso foi registrado na 126º Delegacia Policial de Cabo Frio (126º DP), que continua averiguando os fatos.

DEIXE UMA RESPOSTA