Jay Jackson (à direita) e seu parceiro Reuben
Jay Jackson (à direita) e seu parceiro Reuben (Foto: Divulgação)

O relato de um indivíduo não-binário sobre um episódio que presenciou no seu trabalho no qual um pai explica a sua filha da maneira mais humana, que questionou se ele era “menino ou menina”, viralizou nas redes sociais. 

No Twitter, Jay Jackson contou que ao ser questionado o seu gênero pela criança respondeu: “nenhum dos dois”, neste momento o pai explicou que algumas pessoas são “ele” outras são “ela” e tem aqueles que são “they” (pronome em inglês no qual pode se referir ao masculino ou feminino, e por isso, muitas vezes utilizado como tratamento para quem é não-binário). “A criança respondeu que ela nunca havia pensado naquilo e o pai respondeu que eles poderiam pensar mais sobre isso juntos mais tarde”, lembrou ele. 

Jackson explicou ainda que o pai disse à filha que só porque as pessoas dizem que elas são uma coisa, não quer dizer que realmente são – no caso homem ou mulher. “Paternidade feita corretamente. Eu me emocionei, meus colegas de trabalho se emocionaram, foi tudo”, completou. 


LEIA MAIS:

TV britânica lança primeiro reality show dedicado aos bissexuais

Pabllo Vittar volta a ser alvo de fake news envolvendo Bolsonaro

O post de Jay logo viralizou no Twitter atingindo a marca de 317 mil curtidas, 41 mil retweets e mais de mil comentários. A maioria das pessoas se comoveram com a história e comemoraram o fato da causa ter aliados mesmo daqueles que estão fora da comunidade LGBT. 

O rapaz que é artista agradeceu pelas mensagens de apoio e se mostrou feliz com a repercussão. Namorando um homem trans, o casal está recolhendo fundos para pagar por um tratamento de fertilização in vitro para ter uma criança. 

DEIXE UMA RESPOSTA