O desabafo de uma jovem de 24 anos, moradora de Rio das Ostras, no Rio de Janeiro, viralizou nas redes sociais recentemente após ser expulsa de casa, assim que o pai descobriu que ela pretende se casar com a namorada.

Em uma série de prints de uma conversa no WhatsApp com as mensagens enviadas pelo seu próprio pai na qual o homem acusa a esposa de não saber criar os filhos, e por isso que ela havia se tornado lésbica.

Além de pedir para que a moça saísse de sua residência, ele também confiscou o carro no qual costumava utilizar para trabalhar como motorista do Uber. “Vou escrever porque a minha decepção é tanta que nem consigo falar. Não, em momento algum, jamais, nunca, nem nessa nem em outra vida sua avó ficaria feliz com isso [o casamento]. Ainda bem que ela morreu!, pois seria muita decepção para ela”, disse o pai durante a conversa no aplicativo de mensagens.


“Bom, vou falar de mim, eu não concordo, jamais em toda minha vida até aqui pelo menos, nunca tive uma decepção tão grande. Não diga que me ama, pois não machucamos jamais a quem realmente amamos”, continuou.

LEIA MAIS:

Escola é fechada após pais sugerirem castrar garota trans que utilizou banheiro feminino

Campanha de incentivo ao voto na Rússia afirma que eleitores podem “virar gay” se não forem as urnas

O homem ainda acrescentou dizendo que não espera conhecer a companheira da filha e que a partir daquele momento também cortaria relações com ela. “Espero que apesar disso, seja feliz com a nova família que você escolheu. Apesar de estar muito triste, como se tivesse sido apunhalado, não desejo mal, infelizmente você e seus irmãos não tiveram uma mãe de verdade, uma mãe que desse a vocês educação o suficiente para não se misturar com o que não presta, e a única culpada por isso [é a mãe e consequentemente esposa do mesmo]”, completou acrescentando que caso mudasse de ideia a jovem seria bem recebida novamente, caso contrário preferia a morte.

Em entrevista à Catraca Livre, a mulher, que pediu para não ter a identidade revelada, contou que já é assumida há alguns anos porém seus pais não aceitam a sua sexualidade, até hoje. “Tudo estava bem enquanto ninguém sabia do relacionamento, mas quando falei do casamento, meio que surtaram e já não estavam falando direito comigo. A história todo ocorreu no dia que mandei os convites [do casamento]”, disse ela.

DEIXE UMA RESPOSTA