Personagem de Felipe Simas, em O Tempo Não Para, usa termo considerado homofóbico e causa revolta na web

Como noticiamos aqui recentemente, o personagem de Felipe Simas, Elmo, na novela das 19h da TV Globo, “O Tempo Não Para”, para provar que é “macho” e não gay, beijará Miss Celine (Maria Eduarda Carvalho) na boca, no capítulo previsto para ir ao ar nesta terça-feira, 28.

Cena similar à essa já foi exibida na trama escrita por Mário Teixeira no último dia 18, e causou revolta nas redes sociais por causa do termo “macho” que, no contexto em que foi empregado, soou homofóbico.

Na ocasião, Elmo conversava com Marocas (Juliana Paiva) sobre a amizade que tem com Samuca (Nicolas Prattes) e ela disse pensar que ele, Elmo, fosse gay.


Leia mais:

Autora de Harry Potter, JK Rowling surge de “penetra” em sessão de fotos de casal gay

Estudo revela por que mulheres heterossexuais gostam de assistir pornô gay

Nesse momento, o personagem de Felipe Simas mostrou-se ofendido com a comparação, ressaltou que é “macho” e a cena foi considerada preconceituosa pelo público que repercute a trama nas plataformas digitais.

“Diz que é macho quando alguém acha que ele é gay (como se macho fosse sinônimo de hétero). 5 letras: RANÇO”, disse um internauta.

“Que texto babaca, hein? ‘Você é gay?’ ‘Não, eu sou macho’”, ironizou um segundo. “Elmo, o macho da masculinidade frágil”, escreveu um terceiro.

A TV Globo ainda não se manifestou sobre o assunto.