Laverne Cox
Laverne Cox (Foto: Divulgção/Ivy Park)

Uma das atrizes transgênero mais bem sucedidas do showbiz, Laverne Cox, conhecida por participar na série “Orange Is The New Black”, da Netflix, desabafou em seu perfil no Twitter sobre ter sofrido preconceito por causa da sua identidade de gênero e que chegou a pensar em suicídio.

“Há muitos anos, quando considerei suicidar-me, planejava ter um bilhete no meu bolso e muitos outros espalhados pela casa anunciando da minha morte. Os bilhetes diriam o meu nome, os meus pronomes preferidos e que eu deveria ser referida como mulher”, escreveu.

“Não dizerem o nome e o gênero com que me identificava, depois de morta, seria um insulto horrível, tendo em conta os danos psicológicos e emocionais que sofria todos os dias por ser uma mulher preta e transexual a viver em Nova Iorque”, continuou.


LEIA MAIS:

David Beckham teria usado meia como enchimento em campanha de cuecas

Overdose de Demi Lovato foi provocada por mesma droga que matou Prince, diz site

Laverne resolveu se pronunciar sobre o assunto, após ter sido denunciado que muitos transexuais assassinados na Flórida, Estados Unidos, não são reconhecidos pelo gênero com que se identificam.

“Estou irritada, entristecida e enraivecida com os polícias de Jacksonville, Flórida, e com outras jurisdições que não fazem com que os agentes respeitem a identidade de gênero”, concluiu a famosa.