O modelo Chufue Yang
O modelo Chufue Yang (Foto: Reprodução/Instagram)

O modelo de Chicago Chufue Yang denunciou a Ford Models de homofobia e racismo, após ser dispensado pela agência, segundo ele, por ser gay e asiático. A acusação foi feita nesta terça-feira (21), em seu perfil no Instagram.

“Eu posso sentar aqui e encontrar várias razões para ficar chateado, mas medir meu próprio valor realmente não parece ser a mentalidade de se entreter”, escreveu ele na legenda, acrescentando ainda que a sua altura também se tornou dos empecilhos para conseguir reservas.

LEIA MAIS:


Kelly Clarkson rebate fã homofóbico: “O ódio não merece holofote”

Estudos de gênero são proibidos em Universidades da Hungria

“O teto de vidro é coberto por pessoas de cor, especialmente pessoas de cor esquisitas”, continuou. “A culpa não está nos meus agentes anteriores, nem na minha agência anterior, mas na indústria e em mim mesmo por não ter uma postura mais firme em meus valores.”

Yang completou fazendo uma reflexão: “O que aprendi é não perder sua voz em um setor onde seus recursos físicos são colocados acima de tudo, especialmente sua identidade”, finalizou.