Filha lésbica fala de relação com o pai em nova campanha da SKOL
Em novo filme da SKOL pais e filhos compartilham das suas relações (Foto: Divulgação)

Seis pais e seus respectivos filhos e filhas são os protagonistas da nova campanha da SKOL para o Dia dos Pais. O filme promocional, disponível desde o último dia 05, propõe que as pessoas se abram mais com seus pais.

Uma das participantes: Camila Crivellente tomou uma decisão que para ela parecia natural, mas que no início do século 21 não era tão simples: contou para o pai, João Gabriel, que era lésbica.

“Ele era mais conservador. Não conhecia nenhuma pessoa homossexual e ficou em choque. Nunca virou as costas pra mim, mas não entendia”, lembrou Camila. “A conversa na gravação foi ótima e me mostrou que além desse assunto, meu pai está lá para me ouvir e apoiar sempre. Acho que foi por isso que me emocionei. Ele nunca deixou de estar ao meu lado”, contou ela.


LEIA MAIS:

Com shows de RuPaul, rede de hotéis LGBT lança 1º cruzeiro gay pelo Mediterrâneo

Com o apoio de produtoras, organizações LGBT lançam campanha sobre visibilidade trans em Hollywood

Camila namora Angélica há 11 anos e estão prestes a subir ao altar com o aval do pai. “A minha expectativa é muito grande. Nunca fui a casamento de duas mulheres, mas sei que isso está cada vez mais comum. As pessoas estão sendo elas mesmas e temos que apoiar”, explicou João.

“SKOL gosta de apresentar outras perspectivas e surpreender os consumidores. Por isso, queremos quebrar esse paradigma que de todos os pais são quadrados. Nem sempre é assim. O mundo está mudando e muitos pais estão mudando também. Os preconceitos ainda existem dentro das próprias famílias, mas em muitos lugares os tabus já começam a ser quebrados, e os filhos sentem mais liberdade em colocar alguns assuntos em discussão com os pais”, disse Maria Fernanda Albuquerque, diretora de marketing de SKOL.