Bissexuais tendem a ficar mais tempo no armário, apontou pesquisa

Uma pesquisa realizada pela ABC Triple Hack, entre LGBTs da Austrália, constatou que pessoas bissexuais são as que levam mais tempo para assumir publicamente sua orientação sexual.

De acordo com os indicadores local, apenas 40% dos homens bi são assumidos e 48% das mulheres bi estão fora do armário no país oceânico.

Leia mais:


Novela da Globo usa termos homofóbicos e causa revolta na web

Estudo revela por que mulheres heterossexuais gostam de assistir pornô gay

Quando comparado com mulheres lésbicas por exemplo, é possível fazer um parâmetro e ver a diferença: 86% delas assumem o fato de gostar de mulheres publicamente. Já entre os gays, 84% exercem livremente sua homossexualidade.

Para Julia Taylor, profissional do Centro Australiano de Pesquisa em Sexo, que conduziu o estudo, “quando gays e lésbicas se assumem, se sentem mais fortalecidos e representados pela própria comunidade LGBT que lhe dá voz. É um apoio que muitas pessoas bissexuais têm dificuldade de encontrar”, afirmou.

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA