A empresa on-line Logay foi a primeira marca voltada para o público LGBT a vencer o programa Shark Tank Brasil, exibido pelo canal pago Sony.

A loja que vende produtos relacionados à comunidade arco-íris foi disputada por dois investidores [que no programa são chamados de tubarões] e conseguiu um investimento de R$ 150 mil.

O dinheiro será “patrocinado” pela empresária Camila Farani que, a partir de agora, é detentora de 20% da marca.


Leia mais:

Homofobia e transfobia agora é considerado crime na Austrália

Eleições 2018: cresce em 400% o número de candidatos LGBT

A Logay foi criada em 2017 pelo cineasta e designer Henrique Chirichella, de 28 anos, que, após perder uma pulseira arco-íris comprada fora do país, procurou outra parecida no Brasil e, ao não encontrar, teve a ideia de criar a própria empresa para vender produtos do gênero.

A empresa é literalmente uma marca familiar cujos sócios são, além do fundador Henrique, seus pais, Silvia Chirichella, diretora financeira, e Flavio Chirichella, diretor comercial.

DEIXE UMA RESPOSTA