Dados divulgados pela Associação Brasileira LGBT (ABLGBT) mostrou que houve um aumento de praticamente 400% no número de candidatos LGBT que disputarão uma vaga no poder público nas eleições de 2018.

Segundo a entidade, ao todo foram registradas 180 candidaturas de pessoas que se identificam como gays, lésbicas, bissexuais ou transgêneros, um crescimento total de 386,4% quando comparado com a mesma quantidade do pleito de 2014.

Leia mais:


Jovem gay tem asilo reprovado na Áustria por não ser afeminado

Tom Daley rebate críticas por ter gerado filho através de barriga de aluguel

ELEIÇÕES

Em outubro a população brasileira irá às urnas para eleger os próximos representantes do legislativo e executivo, tanto em esfera federal quanto estadual, que governará pelos próximos quatro anos.

Nos últimos anos, o país vem enfrentando uma forte onda de conservadorismo, o que só aumenta o adendo para a importância de eleger políticos LGBTs ou comprometidos com a causa.

Pensando nisso, a Aliança Nacional LGBTI+ divulgou uma plataforma com nomes de candidatos membros da comunidade arco-íris ou simpatizantes – você pode conferir clicando aqui. Ainda, há também o “Vote LGBT”, que você pode acessar aqui.