Homem trans, candidato da nova temporada do Masterchef Profissionais
Homem trans, Thales Alves, candidato da nova temporada do Masterchef Profissionais (Foto: Reprodução/Band)

O primeiro candidato transexual do Masterchef, Thales Alves, que disputava uma vaga na competição, venceu o embate inicial e segue a sua participação na versão “Profissionais”, do reality show culinário. Em entrevista ao portal da Band, ele afirmou que espera que a sua passagem na programa sirva de exemplo e inspiração para muitas pessoas.

“O objetivo de todo mundo é ganhar o troféu, ninguém aqui entrou para poder brincar ou dar sorte ao destino. Mas acho que posso mostrar um pouco para as pessoas o que acontece por de trás dos bastidores de uma cozinha profissional”, disse.

LEIA MAIS:


Linn da Quebrada denuncia episódio transfóbico contra motorista de Uber

Primeira árbitra transexual do mundo estreia na Inglaterra

O professor de gastronomia acredita que a sua presença seja como um modelo para outras pessoas trans que não tem a mesma oportunidade que ele. “Eu deixei bem claro que eu sou um homem transexual e, para mim, isso é uma forma de incentivar as pessoas a saírem de dentro da cozinha e chefiarem. Tem muito empregador que deixa o cara ou a mina transexual como sous-chef. Entra chef, sai chef e eles não podem ser a cara do restaurante.”

Thales completa dizendo que está no Masterchef com o objetivo de eliminar o preconceito. “Então, eu acho que é para quebrar mais uma barreira de preconceito; para mostrar que [a cozinha] é um lugar muito seguro de trabalhar; para que as pessoas e esses empregadores tenham a ciência de que pessoas trans podem ter sim a cara do restaurante e que essa cara pode ser uma cara muito legal para todo mundo”