O ator Jack Whithall
O ator Jack Whithall (Foto: Divulgação)

A escalação do humorista Jack Whitehall para viver um gay no novo filme da Disney  “Jungle Cruise” estrelado por Dwayne “The Rock” Johnson e Emily Blunt, entrou no centro de uma polêmica nas redes sociais pelo papel ser concedido a um ator heterossexual.

Muitas pessoas questionaram a escolha do artista para interpretar o personagem apesar de tantos profissionais gays que poderiam assumir bem a posição. Dentre as críticas, está o do comediante James Barr que em seu Twitter falou sobre o caso.

“Muito animado para esse grande momento da comunidade LGBTQ+, e Jack Whitehall é fantástico, mas com tantos amigos gays meus que não conseguem papeis heterossexuais por ter um ‘jeito de gay’, é frustrante escalar pessoas que não são gays para esses papeis de gays”, escreveu ele.


LEIA MAIS:

Cartunista italiano denuncia vizinhos por agressão homofóbica dele e do marido

“É o único espaço que não abraça a comunidade LGBT”, dispara Ne-Yo sobre o rap

Barr ainda completou. “Não é que o problema seja escolher um elenco fantástico hétero para fazer um papel gay, é que existem tantos atores gays que são poucos representados… eu acho que é fantástico [a Disney ter um personagem assumidamente gay], mas também um pouco triste.”

O post já contabilizou cerca de R$ 5 mil curtidas e 1,5 mil comentários. De acordo com o site “Hello Giggles”, a maioria dos críticos à Disney acreditam que o personagem pode ser minimizado ao estereótipo do homem gay.