Sexo em local público é, de longe, um dos principais fetiches das pessoas, mas, também, configura problema judicial por ser considerado atentado ao pudor.

Na cidade de Guadalajara, no México, tal ato não será mais considerado crime e a pegação está liberada, desde que as pessoas não façam reclamações do exibicionismo alheio à polícia.

Leia Mais:


Reality show no YouTube dará cirurgia de redesignação sexual para trans

Prefeito gay de RN acaba com privilégios e é alvo de cassação

“Ter relações sexuais ou cometer atos de exibicionismo de natureza sexual em locais públicos, terrenos baldios, dentro de veículos ou em locais privados à vista do público será considerado ofensa administrativa, DESDE que um cidadão solicite a intervenção da polícia”, diz o novo regulamento local.

Com a mudança na lei, os legisladores do país latino-americano esperam que os agentes se concentrem em combater crimes mais sérios.