Vale tudo pelo voto! Essa é a premissa de muitos candidatos em busca da tão sonhada vitória nas eleições. Recentemente, inclusive, o postulante ao governo do Distrito Federal, Alexandre Guerra, do partido Novo, virou piada por utilizar o aplicativo de relacionamentos gay, Grindr, para atrair público.

Em sua descrição na famosa rede social bastante usada no Brasil, o candidato adverte que não está ali em busca de sexo ou qualquer tipo de relação homoafetiva. Aliás, ele explicita ser casado e pai de dois filhos.

Leia mais:


Linn da Quebrada denuncia episódio transfóbico contra motorista de Uber

Kelly Clarkson rebate fã homofóbico: “O ódio não merece holofote”

“Sou o seu melhor partido para um relacionamento sério por 4 anos. Sou Alexandre Guerra, seu candidato a governador. E aí, vamos fazer um Novo DF?”, diz ele no profile.

Em nota, a assessoria do político, que além do Grindr também está fazendo uso do Tinder para angariar votos, declarou que essa foi uma maneira pensada para a divulgação da candidatura e uma forma de romper a barreira imposta pelo pouco tempo de TV, além da falta de convite para debates.

DEIXE UMA RESPOSTA