Medicina LGBT
Medicina LGBT (Foto: Reprodução)

O Projeto de Lei que visa o treinamento para profissionais da saúde pública, com o objetivo de oferecer atendimento adequado à população LGBT, foi aprovado nesta terça-feira (07) na Câmara de Vereadores de Muriaé, município de Minas Gerais. As informações são do G1.

De autoria do parlamentar José Carlos Alves Cerqueira (PSB), a proposta segue para sanção do prefeito Ioannis Konstantinos (DEM), para poder entrar em vigor. A nova legislação prevê um treinamento específico de profissionais de saúde como médicos, enfermeiros, odontólogos e psicólogos, no momento do atendimento de pessoas LGBT na cidade.

“O treinamento será ministrado por docentes com experiência na área, de acordo com os critérios estabelecidos pela Secretaria Municipal de Saúde”, explica o texto do vereador.


LEIA MAIS:

Kristen Stewart beija Chloë Sevigny no novo trailer do filme “Lizzie”

Riachuelo lança campanha com pais gays

O documento ressalta que o atendimento adequado dos profissionais de saúde é um direito da comunidade LGBT, citando o artigo da constituição que repudia qualquer forma de discriminação.

O projeto também abre espaço para parcerias público-privadas que poderão ser realizadas para diminuir os custos do treinamento para os funcionários da administração municipal. A identificação das pessoas que serão assistidas será feita pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e todos os atendimentos usarão instalações da Prefeitura.

DEIXE UMA RESPOSTA