O CEO da Apple Tim Cook
O CEO da Apple Tim Cook (Foto: Divulgação)

O ativista gay e CEO da Apple, Tim Cook, fez um discurso para a juventude LGBT durante o festival de música LoveLoud, que aconteceu em Utah, na semana passada, e arrecadou verba em prol da comunidade LGBT.

“Eu vim dar uma mensagem simples que quero que cada pessoa LGBT aqui ouça e acredite. Você é o presente do mundo, um presente único e especial, do jeito que você é. Sua vida é importante. Pra você eu digo: encontre sua verdade, fale sua verdade, viva sua verdade”, afirmou ele.

Cook ainda lamentou a homofobia institucionalizada que faz muitos jovens gays esconder a sua orientação sexual. “Meu coração se quebra quando vejo crianças lutando para se adaptar a uma sociedade ou família que não as aceita, lutando para ser o que alguém acha normal. Deixe-me dizer aliás, normal é a pior palavra já criada.”


LEIA MAIS:

Ex-namorado de George Michael critica músico após não ser incluído em herança

Viúva de Marielle Franco pede proteção a Comissão Interamericana de Direitos Humanos após sofrer ameaças

“Nem todos devemos ser iguais, sentir o mesmo ou pensar o mesmo e não há nada de errado com você. Não esqueça que como a noite se torna dia, a escuridão é sempre seguida pela luz”, finalizou.

Criado pelo cantor Ryan Reynolds, vocalista do Imagine Dragons, o LoveLoud arrecadou mais de US $ 1 milhão para instituições beneficentes LGBTQ, incluindo o Projeto Trevor, a Fundação Tegan and Sara e a Encircle.

DEIXE UMA RESPOSTA