Super Drags
Super Drags (Divulgação/Netflix)

A animação brasileira “Super Drags”, que entrará em breve no catálogo de novidades da Netflix recebeu a classificação indicativa de “proibida para menores de 16 anos”.

Conforme nomes pré-definidos pelo Ministério da Justiça, obras com essa classificação contêm “predominantemente conteúdos com inadequações tensas”, como violência, sexo ou nudez e drogas.

Leia mais:


Homossexualidade não era tabu entre índios brasileiros, revela estudo

Cauã Reymond sobre cena de sexo gay: ‘Fiz como faço com mulher’

De acordo com informações do jornal O Estado de S.Paulo, a Netflix se manifestou dizendo que para a plataforma “as questões de inclusão e diversidade são extremamente importantes, elas estão no núcleo do que a empresa é, demonstra e conduz nossos negócios no mundo inteiro e com isso, faz todo o sentido que uma animação a Super Drags venha a existir, seja produzida pela gente e que a nossa plataforma permita que as tenham acesso a ela”.