A atriz Zezé Motta
A atriz Zezé Motta (Foto: Divulgação)

A atriz Zezé Motta usou o seu perfil no Instagram recentemente para lembrar uma fase da sua vida na qual definiu como “andrógina”. Em uma foto que ilustra a época na qual aparece com os cabelos black power e maquiagem e roupas em tons escuros. O visual considerado progressista na época a fez ser confundida com uma travesti.

Na legenda da publicação, ela recordou um caso que aconteceu nos Estados Unidos. “Certa vez ao entrar num táxi em Nova Iorque tentei conversar com o motorista para exercitar meu inglês. Estranhei porque eu falava e ele não respondia. Depois de tanto eu insistir ele me respondeu que não falava com travestis. Não sabia se ria ou se chorava…”, declarou.

LEIA MAIS:


Milhares de pessoas reivindicam por direitos na Parada da Cidadania LGBT de Campo Grande

Bemti lança clipe de “Tango” com Johnny Hoker; assista

Zezé ainda confidenciou com os seus seguidores o que mais gostava de usar na época e que o seu gênero chegou a ser posto em dúvida por muitas pessoas. “Além deste visual, eu amava as botas de couro, das mais longas possíveis, quase na coxa. Ah, e o batom preto, não podia faltar. Ele não falta até hoje, não vivo sem… Pensem?! Lembro que algumas pessoas juravam que eu não era mulher… Axé meu povo!”, finalizou.