Bandeira trans
Bandeira trans (Foto: Reprodução)

A justiça de Porto Rico anunciou nesta quinta-feira (19) a decisão de permitir que pessoas transgêneros possam fazer alteração de nome e gênero nos seus documentos oficiais, como a certidão de nascimento.

“O direito a identidade da própria existência é uma questão de humanidade. Estas vozes precisam ser ouvidas”, afirmou a juíza Carmen Consuelo Cerezo responsável por assinar o novo decreto. As informações são do site Pink News.

LEIA MAIS:


Maura, Selma e Ionan se transformam em triângulo amoroso gay em Segundo Sol

Bohemian Rhapsody: Filme sobre a trajetória de Freddie Mercury ganha novo trailer; assista

A iniciativa torna a ilha, localizada no território território não incorporado dos Estados Unidos, no nordeste do Mar do Caribe a ser o 46° estado do país norte-americano a conquistar o direito. Ainda faltam Kansas, Ohio e Tenesse, atualizarem as suas leis neste sentido.

A ativista trans Daniela Arroyo comemorou o novo pedido. “Ter uma certidão de nascimento de acordo com meu gênero é um grande passo. Me faz sentir mais segura e feliz pelo meu país me reconhecer da maneira que eu me reconheço”, afirmou.

DEIXE UMA RESPOSTA