Sula Miranda e Thammy Miranda
Sula Miranda e Thammy Miranda (Foto: AGNews)

A cantora Sula Miranda nunca escondeu o seu descontentamento a respeito da transição de gênero do seu sobrinho Thammy Miranda, o que já chegou a causa um verdadeiro mal estar entre eles. Em entrevista à Luciana Gimenez, a “Rainha dos Caminhoneiros” contou que  por causa das suas convicções, não consegue chamar o familiar pelo gênero masculino, mesmo após cinco anos do início do processo.

“Não fico à vontade de chamar ‘ela’ de ‘ele’. Se eu fizer, vou forçar a minha natureza. Sei que ela não gosta, que pensa que eu faço por conta da minha fé, mas não é. Eu vou falar ‘ela’ pro resto da vida. O pai de vez em quando fala ‘ela’, a mãe também. Tem que ser uma coisa natural, para a família é muito difícil”, explicou.

LEIA MAIS:


Deborah Secco lamenta não dar “uns pegas” em Giovanna Antonelli em vídeo nos bastidores de novela

“Nunca havia beijado um homem em cena”, revela modelo que estrela clipe do Nego do Borel

A artista falou ainda sobre o episódio polêmico do reality show no qual Thammy revela que pensava em fazer uma cirurgia de redesignação sexual. “Eu me senti incomodada, muito desconfortável. A produção só avisava que íamos tomar café da manhã, ou que íamos a um restaurante, o assunto eu só sabia na hora. Fui pega de surpresa, não sei se eles combinaram com a produção ou ou não, mas parecia que queriam ver minhas reações”, disse.

Apesar das divergências, Sula garante que não tem problema com a irmã Gretchen e o sobrinho. Já passou. Levamos 20 anos para construir uma relação estável porque nos deixávamos levar pelo auê da mídia. Não deixaria 15 dias de reality show estragar isso.

Confira a entrevista completa: