Jesuita Barbosa
O ator pernambucano Jesuíta Barbosa (FOTO: Divulgação/Globo)

Nem mesmo na pele de um personagem com fortes marcas femininas como o Ramirinho, na supersérie Onde Nascem Os Fortes, a quem a noite se transforma na drag queen Shakira do Sertão, Jesuíta Barbosa perde o título de galã. Em entrevista a revista “aCriatura”, o ator revelou que costuma rejeitar a posto.

“Esse lugar que te colocam, de galã, vem carregado de muitos preceitos que são desinteressantes hoje em dia. É uma condição quase machista, o lugar do homem, lidar com várias mulheres e tal. Não estou pra isso. Até porque tem toda uma questão sexual que tenho debatido. Não sou um galã”, afirmou o artista pernambucano.

LEIA MAIS:


Starbucks anuncia custeio de cirurgias de redesignação dos seus funcionários trans

Pabllo Vittar confirma affair com empresário árabe

Sobre a transformista que encarna na produção global, Jesuíta acredita que a trama é uma forma de quebrar preconceitos. “É bom ter essa personagem, a Shakira, como uma defesa. Um lugar que eu posso trabalhar, de liberdade pessoal. Chegar com essa personagem nas casas das pessoas, nas casas da minha família.“

Bissexual assumido, ele ressaltou que ainda sofre discriminação por parte dos seus familiares. “De meus primos e primas, que sei que são preconceituosos. E eu, como familiar, e também como artista, poder desmistificar esse lugar. Para mim, é o mais bonito de fazer”, contou.

DEIXE UMA RESPOSTA