Adam Curlykale no hospital após cirurgia para retirada do pênis
Adam Curlykale no hospital após cirurgia para retirada do pênis (Foto: Reprodução/Instagram)

Com 90% do seu corpo coberto por tatuagens, Adam Curlykale, de 32 anos, decidiu tomar uma atitude drástica ao retirar o seu pênis, os mamilos e os testículos, por serem os únicos membros que não poderiam ser tatuados. As informações são do Daily Mail.

Os seus primeiros desenhos na pele ocorreram há 12 anos quando resolveu fazer as marcas para cobrir manchas deixadas por um câncer de pele. A partir de então desencadeou uma espécie de obsessão que chegou a tatuar até mesmo os seus globos oculares.

Mesmo curado da doença, o seu sistema imunológico ficou debilitado e ele chegou a cair em depressão por causa da sua aparência, que além das cicatrizes do câncer também foi diagnosticado com albinismo.


LEIA MAIS:

Silvio Santos questiona sexualidade de convidado e recebe críticas nas redes sociais

Bissexual, Jason Mraz revela que ficou com homens mesmo namorando uma mulher

A decisão de retirar as partes do corpo seria pelo fato de não conseguir tatuá-las e pelas mesmas “estragarem a visão da sua arte corporal”. “Minha cor favorita, por exemplo, sempre foi cinza, em tons diferentes, e é por isso que minha cor de pele atual é grafite”, explicou.

Os poucos pedaços do corpo que ainda restam sem tatuagens e já tem ideia dos próximos desenhos. “Eu desenho minhas tatuagens porque é o meu corpo. Eu tenho uma visão específica sobre mim e faço isso passo a passo”, contou.

Santa Mario. 💪🏿☻ #black #blackwork #blacktattoo #blackeyes #adamcurlykale

Uma publicação compartilhada por Adam (Oreo) Curlykale (@adam.curlykale) em

DEIXE UMA RESPOSTA