Henri Castelli foi a primeira opção para contracenar par de Nego do Borel em clipe
Henri Castelli foi o primeiro cotado a fazer par de Nego do Borel em clipe polêmico (Foto: Reprodução/Instagram/YouTube)

De acordo com a coluna de Léo Dias, do jornal o Dia, Henri Castelli foi o primeiro nome cogitado para fazer par com o Nego do Borel no clipe de “Me Solta”, no qual o cantor aparece travestido e beija o modelo Jonathan Dobal na boca. As cenas foram alvo de muitas críticas da comunidade LGBT.

Ainda segundo a publicação, o próprio funkeiro ligou para Castelli o convidando para participar do vídeo. Porém, a Globo não autorizou o artista para participar da produção e a equipe então levantou a opção de Felipe Titto, que também recusou o convite por incompatibilidade de agendas.

LEIA MAIS:


Ex-marido de Lulu Santos revela porque nunca assumiu a relação com o cantor

“São amados, mas não concordamos com a prática”, afirma Aline Barros sobre gays na igreja

“Quando ele me deu a data da gravação, eu disse que não podia, pois estaria em Miami fazendo uma campanha e não casou a data. Não furei de última hora. Jamais furaria um trabalho”, afirmou Titto que chegou a questionar o beijo gay proposto no clipe.

“Quando ele me disse que tinha um beijo, o que foi questionado foi o seguinte: ‘Nego, para mim não tem problema nenhum, sou ator, dentro do contexto, a gente faz. Mas, o quão gratuito seria ou não esse beijo?’. Porque é o seguinte: isso contextualizado, legal, mas de uma forma gratuita…”, disse.