Gêmeos Zakar
Gêmeos Zakar [Foto: Reproução/Instagram]

O fotógrafo Ricky Day, famoso por assinar ensaios homoeróticos, foi alvo de uma série de acusações de modelos por assédio sexual durante as sessões de fotografias.

Dentre as vítimas está o modelo Barrett Pall, que durante um trabalho em 2009, o fotógrafo teria alisado as suas partes íntimas, enquanto lubrificava o seu corpo para uma sessão de fotos e ajustava a sua cueca, além de tirar o seu pênis e masturbá-lo até ejacular em seu rosto. Os eventos teriam acontecido quando ele ainda era virgem, e confessou ter se sentido pressionado, já que despontava na carreira.

“Eu sei que existem inúmeros caras que fotografaram com Day. Alguns tiveram ótimas experiências, outros foram alertados sobre como ele é e souberam como lidar com suas táticas de arrumação, maneiras predatórias e comportamentos inadequados”,afirmou em entrevista ao Gay Star News.


LEIA MAIS:

Vídeo íntimo de Felipe Neto vaza na web e youtuber pretende processar responsáveis

“Iria fazer pirocóptero”, brinca Thammy Miranda sobre implantar um pênis

Os youtubers conhecidos como Gêmeos Zakar também fotografaram para Day e tiveram uma experiência abusiva. Michael Zakar contou que o profissional tentou tocar seu ânus com a promessa que iria tornar ele e o seu irmão famosos. O rapaz ainda afirmou que também foi forçado a fazer sexo oral.

Em resposta às denúncias dos irmãos, Day escreveu uma nota pedindo desculpas “Eu me lembro de vocês tão gentis e paqueradores quanto eu. Eu sinto por ter causado alguma dor em vocês. Estou arrependido se causei alguma dor em vocês”, escreveu.

DEIXE UMA RESPOSTA