Gaby Amarantos e Karol Conka
Gaby Amarantos e Karol Conka (Foto: Reprodução/TV Globo)

Os lançamentos dos novos clipes do Nego do Borel e Jojo Todynho, na semana passada, trouxe uma discussão acalorada nas redes sociais sobre o fato de utilizar elementos referentes a cultura LGBT em suas produções para visar o lucro, o chamado pink money. Desta forma, outras artistas como Gaby Amarantos e Karol Conka utilizaram os seus perfis no Twitter para comentar sobre o assunto.

Preocupada, Gaby questionou ao seu público LGBTQ, como poderia falar com eles da melhor forma possível como apoiadora da causa. “Grande parte do meu público é LGBTQ e a expressão do momento é “pink money”. Vejo que além da comunidade estar atenta e se mostrar unida, percebe sua importância. Como sociedade apoiadora gostaria de ampliar a discussão então humildemente pergunto. Como posso como homenagear?”, perguntou ela.

LEIA MAIS:


Aretuza Lovi lança o seu primeiro álbum; Ouça “Mercadinho”

Em show, Harry Styles ajuda fã a se assumir gay para família

Karol Conka respondeu o questionamento sugerindo que ela trabalhasse com profissionais da comunidade trazendo a representação e visibilidade a estas pessoas. “Uma forma justa de homenagem é confiar um disco na mão de um produtor gay ou dar visibilidade através do trabalho deles… destacar o profissional. Meu novo disco é subestimado por algumas pessoas porque foi produzido por @bossindrama. Nem lancei ainda, não levam a sério!”, disse Karol.