A drag queen Asia O'Hara
A drag queen Asia O'Hara (Foto: Reprodução)

A grande final da décima temporada de RuPaul’s Drag Race, exibida na quinta-feira (28), foi marcada por um momento que causou muita polêmica e ganhou uma repercussão negativa nas redes sociais. A drag queen Asia O’Hara chocou ao utilizar borboletas vivas que saíam do seu vestido e ao invés de voarem, caíram no chão.

Durante a apresentação da dublagem, a performer havia escondido a carta na manga, que deveria ser o grande atrativo do seu show, com o intuito de fazê-las voar, porém o resultado não saiu como esperado e muitos telespectadores a acusaram de maus tratos aos insetos.

Em seu perfil no Twitter, O’Hara pediu desculpas pelo ocorrido e afirmou que o número foi adicionado por ela no improviso, sem consultar ninguém da produção do programa. “Apesar de meses de preparação e ensaio com uma empresa profissional, o que eu achei que seria uma demonstração incrível de otimismo e uma surpresa para todo mundo (incluindo produção e emissora), nada aconteceu do jeito que estava planejado”, escreveu.


LEIA MAIS:

Miss Espanha será a primeira mulher trans a concorrer o título de Miss Universo

Leão Lobo revela affair com atriz trans Roberta Close na década de 1990

“Quero me desculpar publicamente do fundo do meu coração. É importante que todos saibam que eu nunca maltrataria algum animal de propósito e que tenho o maior respeito pelos animais. Se você está triste comigo, eu entendo. Eu também fiquei triste comigo desde aquela noite, mas, farei o possível para acertar a partir de agora”, continuou.

Como forma de se redimir, Asia informou que irá entrar com trabalho voluntário em uma organização que visa a proteção dos animais. “Até o fim do ano que vem, eu e alguns amigos vamos doar 100 horas de trabalho voluntário para a ASPCA, uma organização que dedica-se ao tratamento justo de animais desde 1866. Nunca conseguirei me desculpar o suficiente pelo que aconteceu. Gostaria que meus fãs e o mundo inteiro soubessem que continuarei com minha humildade, reconhecimento dos meus erros e caminhar com amor e luz“, finalizou.