O diretor James Gunn
O diretor James Gunn (Foto: Divulgação)

O elenco da saga Guardiões da Galáxia publicou um comunicado oficial nesta segunda-feira (30), no qual pede a readmissão do diretor James Gunn, afastado da Disney após ter uma série de tweets antigos resgatados nos quais fazia comentários comprometedores em referência a pedofilia e estupro.

Em um dos posts que estão circulando e entrou no centro da polêmica, o cineasta escreveu: “Eu gosto quando menininhos me tocam no meu lugar esquisito”, disse ele que apagou essas e outras mensagens de cunho questionável.

LEIA MAIS:


Inspirada em Lulu Santos, cantora sertaneja planeja sair do armário publicamente, diz jornal

Documentário sobre Marielle Franco pode ser exibido na televisão

Eximindo-se de qualquer sentimento de defesa em relação às atitudes de Gunn, Chris Pratt, Zoe Saldana, Bradley Cooper e Vin Diesel se pronunciaram através das redes sociais pedindo a volta do cineasta a frente da franquia.

Pratt, por exemplo defendeu afirmando que por mais que as piadas fossem inapropriadas, Gunn era um homem bom. Uma petição com mais de 330 mil assinaturas está disponível no site Change.org, solicitando a volta do diretor.

Confira o comunicado na íntegra:

“Para nossos fãs e família:

Todos nós apoiamos James Gunn totalmente. Ficamos todos chocados com sua repentina demissão na última semana e esperamos propositalmente esse tempo para que pudéssemos pensar, rezar, ouvir e discutir tudo. Fomos encorajados por todos os fãs que desejavam a volta de James para o elenco, assim como desencorajados também por aqueles que tão facilmente caíram em mentiras criadas em torno de teorias da conspiração que estavam em torno dele.

Estar na produção de “Guardiões da Galáxia” é uma grande honra para todos. Não podemos deixar esse momento passar sem expressar nosso amor, apoio e gratidão a James. Não estamos aqui para defender suas piadas feitas há anos atras, mas sim compartilhar nossa experiência de anos dentro dos sets de Guardiões 1 e 2. O caráter que ele mostrou quando foi despedido é o mesmo que ele apresentava todos os dias no set, e seus pedidos de desculpa que não são recentes mas já de longa data, acreditamos ser sinceros e de seu coração, coração esse confiamos, conhecemos a amamos. Ao nos chamar para contar histórias de desagregados que encontram a redenção, ele mudou nossas vidas. Acreditamos que a redenção e o perdão são temas mais que necessários nesse momento.

Cada um de nós espera um dia voltar a trabalhar com James no futuro. Sua história ainda não terminou.

Existe um processo específico para quem passa sobre a opinião pública dessa forma. James não foi o primeiro e nem será o último a ser colocado em julgamento. Em vista da grande divisão política que existe no nosso país, é seguro dizer que eventos como esse continuarão acontecendo, apesar de acreditarmos que os Americanos conseguirão enxergar além do espectro político e superar a perseguição a personalidades públicas e à alienação de suas opiniões.

É nossa maior esperança que consigamos traduzir em palavras toda a responsabilidade ao tomarmos pra nós a liberação de um comunicado como esse, procurando sempre as palavras certas. E que nós, enquanto sociedade, possamos aprender com essa experiência e que no futuro possamos pensar duas vezes antes de decidir o que queremos expressar. Assim, num constante processo de aprendizado, conseguiremos nos ajudar a crescer e a nos curar ao invés de machucarmos uns aos outros. Obrigado por tomar um pouco do seu tempo para ler nossas palavras.

Os Guardiões da Galáxia.”

DEIXE UMA RESPOSTA