The Sims incluiu conteúdo LGBT em sua última versão
The Sims incluiu conteúdo LGBT em sua última versão (Foto: Reprodução/The Sims)

A Eletronic Arts – desenvolvedora de um dos mais populares jogos de simulação de vida, o The Sims -, anunciou que a versão disponível para smartphones (Android, Windows Phone e iOS), intitulada FreePlay será banida em pelo menos sete países, possivelmente por causa do conteúdo LGBT adicionado no aplicativo recentemente.

A declaração foi feita em comunicado no qual a empresa explica que a censura aconteceu pelo game não estar em conformidade com as regras regionais. Apesar da empresa não entrar em detalhes, os fãs da plataforma passaram a especular, que as mudanças que trazem a representatividade da comunidade arco-íris tenham sido o real motivo para que o jogo fosse banido.

LEIA MAIS:


Meio milhão de pessoas protestam contra a homofobia no esporte na Parada Gay de Paris

Lea T lança coleção Nike Be True no Brasil na Casa 1

“Nós sempre tivemos orgulho que nossas experiências no jogo abraçam valores diversos como os existentes na nossa comunidade. Isso é tão importante para nós quanto eu sei que é para vocês”, disse o representante da detentora na nota.

A mudança deve ocorrer a partir do próximo dia 05 de julho, quando o app não estará mais disponível para download na China, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Omã, Kuwait, Catar e Egito.

DEIXE UMA RESPOSTA