Travesti Tifanny Montel
Travesti Tifanny Montel [Foto: Reprodução/Facebook]

A travesti Tyfanny Montel, de 23 anos, foi encontrada morta em frente a uma casa no bairro Pintolândia, zona Oeste de Boa Vista, em Roraima, neste domingo (10) com perfurações no peito e braço.

De acordo com a Polícia Militar, uma moradora encontrou o corpo da vítima já sem vida. O corpo apresentava cortes supostamente feitos com faca. As informações são do G1.

O Instituto de Criminalística da Polícia Civil esteve presente no local para dar início às investigações do que motivou o crime para a perícia. O corpo de Tyfanny foi removido ao Instituto Médico Legal (IML) e liberado aos familiares ainda na manhã de domingo. O caso está sob os cuidados da Delegacia Geral de Homicídios.


LEIA MAIS:

“Triste isso virar notícia”, lamenta garoto-propaganda após revelar namorado

Parada LGBT de São Paulo já tem data para acontecer em 2019; Saiba quando

O conselho Estadual de Defesa dos Direitos da População LGBTQI de Roraima emitiu uma nota de pesar pela morte de Tyfanny. O texto assinado pelo presidente Sebastião Diniz lamenta a morte da travesti e critica a ausência de políticas públicas de inserção social e o combate à LGBTfobia.

“Lamentavelmente esse é mais um crime cometido contra a população LGBTQI que vem alimentar uma perversa estatística brasileira, na qual uma pessoa LGBTQI é assassinada a cada 24 horas, com maior violência praticada contra travestis e transexuais devido à sua vulnerabilidade, submetendo-as a uma expectativa média de vida de 36 anos de idade”, afirmou a entidade na nota.