O ator Terry Crews
O ator Terry Crews [Foto: Divulgação]

O ator Terry Crews testemunhou contra o agente Adam Venit Terry, nesta terça-feira (26), sobre quem relatou, na sua conta no Twitter, um episódio de assédio sexual em novembro de 2017, em meio às acusações ao produtor Harvey Weinstein e outros gigantes de Hollywood.

No depoimento, o eterno intérprete de Latrel no filme As Branquelas, contou que deixou o elenco de Os Mercenários 4, filme que já estaria escalado, após o produtor Avi Lerner pedir para que ele retirasse a denúncia, por meio do seu empresário.

“Esse mesmo produtor está sob sua própria investigação. Abusadores protegem abusadores, e essa foi uma coisa que eu tinha que decidir. Vou ser uma parte disso ou vou me posicionar? E tem projetos que eu tive que recusar”, afirmou.


LEIA MAIS:

Reportagem da Globo flagra polícia apreendendo bandeira LGBT de torcedora na Rússia

Adam Rippon posa para ensaio nu e movimenta a web

Na ocasião, Crews disse que o executivo hollywoodiano apalpou as suas partes íntimas durante uma festa que teve vontade de revidar de forma violenta, mas não o fez com receio de retaliação da indústria.

“Eu decidi deixar para lá porque não queria ser excluído – é o que acontece quando o abusador tem poder e influência. Ignorei.  Eu amo o que faço, mas é uma vergonha quando alguém tenta tirar vantagem disso”, confessou na época.