Policiais russos apreendem bandeira LGBT de torcedora da Copa do Mundo
Policiais russos apreendem bandeira LGBT de torcedora da Copa do Mundo (Foto: Reprodução/TV Globo)

Apesar da Fifa assegurar que os membros da comunidade LGBT poderiam hastear bandeiras e exibir outros elementos que representem a população arco-íris durante a Copa do Mundo da Rússia, na prática este acordo não estaria sendo respeitado.

Um flagra feito pela equipe de reportagem da Globo, e exibido durante a edição do Jornal Hoje desta terça-feira (26), mostrou uma torcedora – que ainda não foi identificada se era uma russa ou turista – sendo abordada na praça vermelha, pela polícia que pediu para que ela guardasse o objeto.

LEIA MAIS:


Vacina contra vírus HIV deve ter primeiros testes com humanos em 2019

David Brazil comenta vídeo que beija cantor Xanndy: “Ele tava mamadão”

Vale lembrar que isso ocorre por causa da lei que proíbe qualquer tipo de propaganda gay em via pública, com a justificativa de preservar menores de idade que podem ser influenciados por demonstrações homoafetivas, e isso inclui o carregamento de adereço o mais simples que for é imposta pelo presidente Vladmir Putin. A pena para quem é pego nesses casos é o pagamento de uma multa que pode chegar até o valor de 100 mil rublos (cerca de 6 mil reais).