O apresentador Ratinho
O apresentador Ratinho (Foto: Divulgação/SBT)

O apresentador Ratinho voltou a comentar em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, a polêmica que se envolveu no início do ano ao criticar em um post no seu Instagram o “excesso” de personagens homossexuais nas produções da Globo.

Apesar de se intitular como “liberal”, o contratado do SBT criticou novamente o fato do tema ser sempre explorado nas novelas globais. “A Globo começou a forçar muito. Nenhuma televisão pode exagerar em impor isso. Tudo bem, o homossexual existe. Mas a superexposição irrita o telespectador”, acredita.

LEIA MAIS:


“Fui me encantando”, lembra Fernanda Gentil sobre início de namoro lésbico

Thammy Miranda posa em ensaio ousado com esposa Andressa Ferreira

Ratinho afirmou ainda que ainda “apanha” diariamente pela publicação do vídeo nas redes sociais, mas que não se arrepende. “Não fiz para ofender. Brinquei com aquilo e me enrabei. Não gosto dessa ideia de chamar quem pensa diferente de homofóbico. Homofóbico é aquele que agride, que não concorda. Acho que tudo tem que ser respeitado. Como eu também tenho que ser respeitado. Quem me conhece sabe que eu respeito todo mundo“, se defendeu.

“O mundo está muito chato! Você não pode brincar. Tem sempre um mala te criticando nas redes sociais. Que escreve melhor e te mói. Porque quando quer bater em alguém, você acha argumentos”, finalizou.