A cidade de Nova York
A cidade de Nova York (Foto: Reprodução/Internet)

Assim como vem se tornando tendência em diversos lugares do mundo, a cidade de Nova York, nos Estados Unidos, passará a reconhecer o “terceiro gênero” como opção para o registro em suas certidões de nascimento. As informações são do site Pink News.

A nova medida foi anunciada pelo prefeito Bill de Blasio, que explicou que o documento oficial de registro dos cidadãos nova-iorquinos apresentará uma alternativa chamada “X”, aos tradicionais “Masculino” e “Feminino” para contemplar também aqueles que não se identificam nem como homem e nem como mulher.

LEIA MAIS:


Gaby Amarantos detona Silvio Santos e divide opiniões: “Vocês estão mal de ícone”

C&A lança campanha inclusiva com diversos tipos de casais para o dia dos namorados

O reconhecimento legal desta identidade de gênero também visa contemplar os bebês interssexuais, aqueles que nascem com características comuns aos dois gêneros binários. “O Mês do Orgulho é um momento pra celebrarmos o quanto avançamos na luta pela igualdade e reafirmar nosso compromisso em proteger todos os nova-iorquinos da discriminação”, afirmou o prefeito.

Blasio acredita ainda que “esta medida permitirá aos nova-iorquinos e não conformes de gênero viver com a dignidade e respeito que merece todo cidadão, tornando nossa cidade mais justa”, disse.

DEIXE UMA RESPOSTA