Ministro italiano causa polêmica ao afirmar que “famílias gays não existem”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ministro da família e Deficiência na Itália Lorenzo Fontana causou polêmica e gerou revolta dos ativistas LGBT ao afirmar em seu discurso de posse ao ministério que “famílias gays não existem”. As informações são da agência ANSA.

“Acredito que família é onde uma criança tem pai e mãe”, disse. “Devemos decodificar o que está acontecendo nos cartórios italianos que têm registrado filhos de pais homossexuais”, completou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

LEIA MAIS:

Maura revela ser lésbica para Ionan em Segundo Sol

Secretaria de Saúde de SP gera polêmica ao lançar campanha de vacinação para Hepatite A a LGBTs; entenda

A fala de Fontana sugere que o país europeu deve enfrentar um processo de retrocesso por parte dos conservadores contra os direitos já conquistados pela comunidade LGBT. 

A presidente da Associação “Famílias Arco-Íris”, uma ONG LGBT da Itália, Marilena Grassadonia, repudiou o discurso do ministro. “Estou chocada como pode alguém como este senhor ser nomeado ministro da Família diante da realidade do mundo de hoje”, declarou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio