O ministro da família da Itália Lorenzo Fontana
O ministro da família da Itália Lorenzo Fontana (Foto: Reprodução)

O ministro da família e Deficiência na Itália Lorenzo Fontana causou polêmica e gerou revolta dos ativistas LGBT ao afirmar em seu discurso de posse ao ministério que “famílias gays não existem”. As informações são da agência ANSA.

“Acredito que família é onde uma criança tem pai e mãe”, disse. “Devemos decodificar o que está acontecendo nos cartórios italianos que têm registrado filhos de pais homossexuais”, completou.

LEIA MAIS:


Maura revela ser lésbica para Ionan em Segundo Sol

Secretaria de Saúde de SP gera polêmica ao lançar campanha de vacinação para Hepatite A a LGBTs; entenda

A fala de Fontana sugere que o país europeu deve enfrentar um processo de retrocesso por parte dos conservadores contra os direitos já conquistados pela comunidade LGBT. 

A presidente da Associação “Famílias Arco-Íris”, uma ONG LGBT da Itália, Marilena Grassadonia, repudiou o discurso do ministro. “Estou chocada como pode alguém como este senhor ser nomeado ministro da Família diante da realidade do mundo de hoje”, declarou.

DEIXE UMA RESPOSTA