A apresentadora Mara Maravilha
A apresentadora Mara Maravilha (Foto: Reprodução/SBT)

Após revelar como reagiria caso tivesse um filho gay, a apresentadora Mara Maravilha fez novas declarações ao jornalista Marcelo Bonfá, no Canal do YouTube Ping Pong. Desta vez, a artista gospel tocou em um assunto polêmico ao afirmar que acredita na possibilidade da pessoa deixar de ser homossexual.

“Acredito. O ser humano é muito mutável, pode mudar, tem livre arbítrio para isso”, comentou ela que causou rejeição da população LGBT por fazer comentários considerados homofóbicos em outras ocasiões.

LEIA MAIS:


Paulo Zulu lembra reação quando teve nude vazado: “Chorava o dia inteiro. Queria sumir”

“Vontade de me matar várias vezes”, revela Mahmoud por causa de homofobia no Líbano

Em outro momento da entrevista, Mara lembrou um desafeto com a cantora Daniela Mercury. “Tem uma cantora da Bahia ingrata, quando eu fazia programa aqui, minha mãe vivia colocando ela, pedia diretor para colocar ela. Um dia ela encontrou comigo, fez que não me conheceu”, contou.

Questionada sobre quem seria a tal cantora, ela disparou: “Uma Mercury qualquer”, disparou a integrante do Fofocalizando citando indiretamente a esposa de Malu Verçosa.