O ator Rupert Everett
O ator Rupert Everett (Foto: Divulgação)

O ator Rupert Everett, famoso pela sua atuação no filme O Casamento do Meu Melhor Amigo (1997) revelou ao jornal Herald Scotland que sentiu dificuldades para conseguir novos trabalhos em Hollywood após ter assumido a homossexualidade publicamente.

De acordo com o astro, três em cada quatro papéis pelos quais fez teste para interpretar no cinema lhe foram negados por causa da sua orientação sexual. O veterano classificou o distrito onde se concentram a maioria das produções de cinema dos Estados Unidos como “agressivamente heterossexual” e disse que homens gays são tratados como “cidadãos de segunda classe.”

“Para alguns filmes o diretor e o elenco me queriam, mas eu fui barrado pelo estúdio só por ser gay”, contou Everett. “Isso com certeza acontece, mas a minha luta contra isso tem me forçado a ser uma pessoa melhor”, continuou.


LEIA MAIS:

Justin Bieber consola fã rejeitada por religião por causa da sexualidade: “Você deveria conhecer minha igreja”

Thammy Miranda faz as pazes com Andressa Ferreira e anuncia casamento no Brasil

Apesar de todo o preconceito, ele acredita que as dificuldades pelas quais passou o ajudaram a ser mais criativo. “Me assumir em Hollywood me forçou a ser ainda mais criativo, e a tentar resolver tudo com as minhas próprias mãos. Acho que a minha carreira como escritor não teria acontecido se eu fosse o um cara heterossexual, sempre ativo, trabalhando o tempo todo.”

No momento, Everett está envolvido na divulgação do drama The Happy Prince, dirigido, escrito e estrelado por ele. Ainda sem previsão de estreia nos cinemas brasileiros, o longa conta a história dos últimos dias de vida do escritor Oscar Wilde (1854-1900).