Empresário norte-americano proíbe entrada de gays em sua loja

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um empresário do Tenessi, nos Estados Unidos, não tem vergonha ou receio de demonstrar o seu posicionamento contrário aos homossexuais. Dono de uma loja, ele colocou na entrada do estabelecimento um aviso no qual proíbe a entrada de gays.

“Entrada de gays não permitida”, diz o cartaz que está exposto na entrada do negócio de Jeff Amix desde 2015. Ele que também é pastor de igreja, ainda iniciou uma série de ataques às pessoas LGBTs, além de incluir outros dizeres que reforçam a sua desaprovação.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

LEIA MAIS:

Francisco Gil fala de parceria com Pabllo Vittar para projeto Niara: “Não imaginava que seria tão fácil”

Thammy e Andressa posam nus em ensaio para promover marca de almofadas

“Nos reservamos no direito de se recusar a servir qualquer pessoa que viola nosso direito de liberdade de expressão e liberdade religiosa”, disse.

Na página da internet do lugar, muitas pessoas iniciaram um boicote à loja. Muitos comentários chegaram a ser apagados e Amix colocou um cartaz para que aqueles que concordem com ele assinassem. Entretanto, o número de apoiadores ao empresário homofóbico não chegou perto das 300 notificações negativas que recebeu.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio