A transexual Dany Andrade em vídeo para a campanha
A transexual Dany Andrade em vídeo para a campanha "O Brasil que Eu Quero" (Foto: Reprodução/TV Globo)

Uma participante transexual que enviou um vídeo para a campanha “O Brasil que eu quero”, da Globo, chamou a atenção nas redes sociais ao ter a sua reivindicação exibida durante a edição desta segunda-feira (18), no Jornal Nacional.

Em seu depoimento, Dany Andrade pediu pelo endurecimento das leis para proteger a comunidade LGBT de crimes de discriminação. “O Brasil que eu quero para o futuro é que todo o preconceito que ainda existe contra as transexuais se transforme em amor, carinho e mais leis para nos proteger. Afinal, somos todos iguais”, declarou ela que se identificou como moradora da cidade Paulo de Faria, interior de São Paulo.

LEIA MAIS:


Juíza proíbe decisão de Donald Trump de impedir trans nas Forças Armadas

Fernanda Gentil lembra reação da Globo ao assumir namoro lésbico

De volta aos estúdios do noticiário, William Bonner elogiou o discurso da telespectadora. “Isso aí, respeito à diversidade”, apoiou o jornalista, que teve a sua atitude comentada pelos internautas, que também vasculharam o passado da moça nas redes sociais.

Dany tem um trabalho como cover da cantora Joelma, e já se apresentou na TV, em programas como Legendários e no Ratinho. Ela também já tentou uma vaga na última edição do BBB. Andrade também compartilhou com os seus seguidores recentemente a retificação do seu nome civil na sua certidão de nascimento, conseguindo alterar o seu nome de batismo para Danielly Rodrigues Andrade. “Segura teu preconceito que a minha conquista quer passar”, comemorou.

DEIXE UMA RESPOSTA