A cantora Mart'nália
A cantora Mart'nália (Foto: Divulgação)

Atração do Casa Brasil, em Moscou, na Rússia, no próximo dia 30, a cantora Mart’nália comentou sobre as leis impostas que vão contra os homossexuais, no país sede da Copa do Mundo, em 2018. Apesar de lamentar, ela diz que não se assusta com a posição conservadora patrocinada pelo presidente Vladimir Putín.

“O mundo é esquisito… E eu sou black, né? Cada um tem a sua cultura. Vou representando o meu país. A cultura do meu país, o samba e só tô indo lá pra isto. Longe à beça! Cantar, sambar e alegrar quem quiser ficar mais alegre”, diz ela: “E também não vou sair sozinha lá, né?”, afirmou ela em entrevista ao jornal Extra.

LEIA MAIS:


Filha de Michael Jackson, Paris Jackson, está namorando três mulheres, diz tablóide

Jogador de futebol confessa assassinato de transexual em São Borja no RS

Ao contrário de Fernanda Gentil, que disse estar “bem menininha” com as imposições russas, durante a sua estadia para o mundial, a artista, que também é homossexual assumida, não concorda com o posicionamento da jornalista.

“Não existe eu bem menininha… Mais fácil virar um problema diplomático e eu voltar amarradona para assistir aqui com os amigos e família num bom churrasco com cerveja gelada”, brincou.