Casal gay de cisnes é capturado de lago poluído na Áustria

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um casal gay de cisnes que morava em um lago da Áustria foi capturado e transferido para um centro de resgate de animais selvagens. O motivo que levou os ativistas a  decidirem retirá-los do seu habitat natural foi o perigo deles serem caçados, além de conseguirem ter uma melhor qualidade de vida, já que o ambiente estava tomado pela poluição.

O número de copos plásticos era tão grande que as aves passaram a confundi-los com ovos e tentavam chocá-los na expectativa de criar filhotes da sua espécie. Os bichos também costumavam atacar humanos que chegavam próximo deles.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

LEIA MAIS:

Juiz afirma que Bolsonaro “dissemina ódio” em decisão de processo sobre crítica à Parada LGBT

Maioria do CNJ decide pela proibição dos cartórios de registrar uniões poliafetivas

“Chegamos a pensar que eles teriam que ser sacrificados, tivemos que agir com urgência. Onde eles estavam podiam ser alvos de algum caçador ilegal”, contou o prefeito da cidade Franz Steinegge à imprensa local.

O especialista em cisnes, Alexander Groder, acredita que os cisnes, de fato, vivem um relacionamento homossexual. “É provavelmente um caso de dois cisnes machos em um relacionamento sim. E cisnes costumam escolher um companheiro e ficar com o mesmo para toda a vida“, analisou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio