Cartazes nazistas de cunho homofóbico em Recife
Cartazes nazistas de cunho homofóbico em Recife (Foto: Reprodução/Facebook)

Cartazes com conotação machista, homofóbica e racista estão sendo espalhados pelos postes das ruas da região central do Recife. As imagens foram publicadas nas redes sociais na última semana, e tem viralizado desde então.

Ao JC Online, membros do grupo de skinheads, “Carecas do Brasil” afirmaram que os autores dos folhetos são ex-integrantes do movimento que foram expulsos recentemente por apresentar comportamento nazista. Estes se uniram em seis pessoas e formaram um grupo de neonazistas no Recife.

LEIA MAIS:


Pabllo Vittar grava clipe de parceria com duo Soffi Tukker em Portugal

Um em cada três empregadores no Reino Unido não contratam pessoas trans, revela pesquisa

No perfil no Facebook de um dos membros do grupo pode ser visto o mesmo reproduzindo uma saudação nazista em uma foto, além de um clique no qual posa ao lado de um cartaz que diz: “Se seu pai fosse gay, você não teria nascido”. Após descoberto, o rapaz recebeu vários ataques de usuários que excluiu as imagens da conta.

Cabe ressaltar que a prática de “induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional” é considerado crime de ódio com pena de reclusão de um a três anos e multa. Bem como, Fabricar, comercializar, distribuir ou veicular símbolos, emblemas, ornamentos, distintivos ou propaganda que utilizem a cruz suástica ou gamada, para fins de divulgação do nazismo, que pode levar até cinco anos de cadeia e multa.